imagem top

2019

ANUÁRIO DO HOSPITAL
DONA ESTEFÂNIA

CHULC LOGOlogo HDElogo anuario

ANTIBIÓTICOS EM NEONATOLOGIA

Maria Teresa Neto.


Unidade de Cuidados Intensivos Neonatais. Hospital de Dona Estefânia, Centro Hospitalar de Lisboa Central EPE. Faculdade de Ciências Médicas, Universidade Nova de Lisboa

- Simpósio de Farmacologia Neonatal 2012. 09/03. Hospital da Luz Lisboa (Palestra).

Os antibióticos são dos medicamentos mais utilizados em Neonatologia. O seu uso não é inócuo. Eles modelam a flora bacteriana do intestino do RN, induzem resistência bacteriana, contribuem para a selecção de estirpes resistentes e induzem o aparecimento de infecções fúngicas. A prescrição de antibióticos deve ser muito criteriosa e a duração do esquema terapêutica cuidadosamente avaliada. No RN pré-termo o uso de antibióticos por mais de 5 dias no primeiro esquema terapêutico está associado a maior risco de enterocolite necrosante, sepsis tardia e morte (Kuppala, 2011). Na escolha do antibiótico a prescrever devem ser tido em consideração vários aspectos: a razão da prescrição, os agentes mais frequentemente isolados em cada tipo de infecção e a sua sensibilidade habitual. Tirando ilacções dos resultados do registo nacional da infecção em UCIN é possível actualmente fazer uma prescrição muito dirigida uma vez que se conhecem os agentes mais frequentes em infecções de origem materna ou IACS e a sua sensibilidade. Sabemos que cerca de 72% das estirpes de E. coli são resistentes à ampicilina o que pode condicionar a prescrição na sépsis precoce. No que respeita às IACS as maiores preocupação dizem respeito à elevada prevalência de Staphylococcus coagulase negativa resistentes à meticilina o que implica um elevado uso de vancomicina. Preocupa também o isolamento ocasional de bactérias Gram negativo produtoras de beta lactamases de espectro estendido o que nos devem levar a ponderar os elevados riscos do uso indiscriminado de cefalosporinas de 3ª geração.

Palavras-chave: antibióticos, infecção de origem materna, infecção associada aos cuidados de saúde, recém-nascido.