imagem top

2020

ANUÁRIO DO HOSPITAL
DONA ESTEFÂNIA

CHULC LOGOlogo HDElogo anuario

Custos inerentes à demora da correcção de escolioses idiopáticas em adolescentes

Rita Jerónimo, Joana Ovídeo, Miguel Carvalho, Nuno Lança, João Lameiras Campagnolo, Jorge Mineiro

Serviço de Ortopedia Pediátrica do Hospital de Dona Estefânia. Centro Hospitalar de Lisboa Central, Lisboa
Congresso Nacional  SPOT,  Vilamoura, 31-10 e 1 e 2-11-2013

Resumo: Entre 1 Janeiro 2008 até 30 Abril de 2013 identificamos os doentes operados neste centro, pela primeira vez, com o diagnóstico de escoliose idiopática do adolescente. Revisão dos processos clínicos com divisão em dois grupos comparativos, a altura da inscrição para cirurgia, em doentes com curvas inferiores e superiores a 75 graus (A e B respectivos), de forma a avaliar a evolução da curva, os recursos peri-operatórios utilizados e os custos decorrentes do internamento.
Verificou-se um gasto acrescido, um maior uso de recursos hospitalares e de internamento no grupo B. Não se verificou uma relação entre a gravidade da curva e a quantidade de material e níveis instrumentado. Conclui-se que é necessário o tratamento preferencial a curvas antes da progressão a 75º, de modo a obter o melhor tratamento não só do ponto de vista clínico como também custo-efectivo.